um diário dos dias inúteis
20
Fev 12
publicado por desempregado freelancer, às 12:30link do post | comentar | ver comentários (24)

 

Durante 32 anos - trinta e dois - descontei religiosamente todos os impostos que a máquina do estado exige para a sua sobrevivência. Descontei-os religiosamente de cada vez que recebia um salário, já devidamente descontado dessas prestações. E, assim não fosse, descontaria na mesma, atempadamente. Sou dos que cumprem obrigações, mesmo sabendo - agora mais do que nunca - que isso da honestidade não nos leva lá muito longe.

Mas a máquina do estado não pensa assim. Hoje é dia 20 de Fevereiro, e ainda não recebi o meu subsídio de desemprego. Não me espanta, é assim todos os meses. Já aconteceu o mesmo com o Pai Natal, que se recusou actuar em Dezembro de 2011. Agora é o palhaço que não sairá à rua.


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
arquivos
2012